Há cerca de 10 milhões de milionários nos Estados Unidos da América, o que significa apenas três por cento dos norte-americanos, e muitos gostariam de sê-lo. Para isso, é preciso desenvolver cinco relacionamentos que são comuns à maioria das pessoas ricas. Mutios apenas não sabem disso e da sua importância, e é provavelmente por isso que não há muitos outros milionários.
Veja as cinco pessoas-chave para ter na sua vida para se tornar um milionário:
1. Primeiro, precisa de um coach- Uma definição de coach, segundo Michael Jordan, é “alguém que vê além dos seus limites e o guia para a grandeza”. É o que todos precisam. Segundo Dede Henley, colaboradora da Forbes e coach de carreira, “um coach vai tirar-te da zona de conforto e lhe dar um feedback directo sem se preocupar se gosta ou não”;
2. Um mentor - Este é, provavelmente, o relacionamento mais comum que os milionários desenvolvem. Esse é o conceito básico de um mentor. É alguém que está um ou dois passos a sua frente e que pode lhe mostrar como chegar aonde ele está;
3. Um xerpa - Os xerpas são uma etnia da região montanhosa do Nepal, que ajudam montanhistas, como guias que indicam os percalços do caminho. Encontre o seu xerpa dos negócios, a pessoa que passou da marca dos sete milhões de dólares e que pode guiá-lo, além de estar disposta a encontrá-lo e conversar para mostrar como atingir o seu objectivo;
4. Um parceiro de batalhas - Mais importante, ele falará a verdade quando precisar ouvir. Essa pessoa não é um motivador, mas sim alguém que lhe fará elogios quando merecido e dará uma bronca quando estiver prestes a cometer um erro;
5. Um grupo de mastermind - Um grupo de mastermind é como um de colegas. É composto de pessoas, em grande parte, com a mesma mentalidade que a sua e que estão em caminhos semelhantes na vida.