A comunicação efectiva de um líder é vital para o bom desempenho de uma equipa.Ao comunicar-se com clareza, o gestor consegue estimular a produtividade do grupo, inspirar a equipa e, ainda, promover um bom relacionamento entre todos os membros.
A má comunicação, no entanto, resulta exactamente no oposto. Confira como os gestores devem se comunicar com os seus empregados para ter uma equipa a trabalhar com motivação, e consequentemente gerar resultados mais efectivos para o negócio:

1. Saiba ouvir
Um líder deve ser um bom ouvinte e saber posicionar-se: a sua equipa também tem direito e vontade de falar. É importante que o gestor saiba escutá-los e direccioná-los para o caminho mais assertivo. Por isso, os gestores devem praticar a escuta activa e esforçarem-se para entender o que a sua equipa tem a dizer;

2. Seja transparente
Como exigir resultados positivos de uma equipa sem sinceridade com os membros? Os gestores devem prezar pela transparência dentro do seu grupo: não podem acobertar os erros, fazer promessas falsas ou esconder dados relevantes para o desempenho dos seus liderados – caso contrário, observará colaboradores desmotivados com a falta de retorno. O grupo precisa ser avisado sobre todas as informações relevantes às suas funções;

3. Tenha um discurso motivador
Os gestores devem deter da habilidade de discursar directamente para a sua equipa, ou seja, fazer com que cada membro sinta que o seu líder está a falar directamente com ele. Para isso, é preciso ter um discurso motivador – e também pessoal. Ou seja, o gestor precisa conhecer bem cada liderado para direccionar a sua comunicação de maneira assertiva;

4. Encoraje a sua equipa
Os líderes são os responsáveis por manter as suas equipas motivadas. E não há jeito mais efectivo de estimular um grupo do que encorajando-os a respeito das suas demandas e conquistas. Funcionários têm um desempenho melhor quando são impulsionados e motivados pelos seus gestores – gostam de sentir que o seu trabalho é valorizado e reconhecido;

5. Dê retornos construtivos
Ao darem conselhos ou feedback, os gestores devem ter um discurso construtivo. Ou seja, ao invés de desestimularem as suas equipas, apontando apenas os erros cometidos, líderes devem saber mostrar como o funcionário pode aprender com a falha e como pode melhorar para acertar numa próxima ocasião;

6. Aceite feedback
Não são só os funcionários que devem receber feedback. Os líderes também devem manter a porta aberta para escutar o que a sua equipa tem a dizer. Ou seja, precisam estar prontos para reconhecer que estão errados e ter a humildade de escutar a respeito da falha. Os gestores não podem esquecer que ideias e insights também podem vir de dentro do grupo, e devem deixar o seu grupo confortável para discutir temas e questões relevantes para o desempenho de todos os membros;

7. Explique o porquê
Ninguém tem a obrigação de saber e entender tudo. Por isso, os gestores, ao explicarem algo para a sua equipa devem contar o porquê de estar fazendo o pedido e como ele impacta o desempenho do grupo. Os líderes que conseguem conectar o trabalho com a vida pessoal dos membros do grupo conseguem dar uma explicação ainda mais efectiva.