As novas tecnologias da Cummins e o vasto portfolio de soluções de energia continuam a ser a chave que impulsionam o sucesso dos clientes no mundo e em particular em Angola, onde a multinacional norte-americana, fundada em 1919, comemorou recentemente, os 100 anos de actividade da empresa no mercado global. Ao longo da história, a Cummins proporcionou inovação, para trazer aos seus clientes a solução para alavancar o seu sucesso, e é com este espírito, que a empresa vai continuar a apostar na inovação e tecnologia para transformar os desafios em novas oportunidades de negócios. De acordo com dados avançados pelo director-geral da Cummins Angola, Ali Paulo, já foram investidos mais de 25 milhões de dólares norte-americanos no país e este esforço vai continuar nos próximos anos. “Estes resultados permite-nos continuar a apostar na nossa presença em África no geral, e em Angola em particular, apesar das circunstâncias desafiantes economicamente”, disse. Segundo Ali Paulo, ainda em fase de crescimento, o capital humano tem sido um dos maiores investimentos, especialmente técnicos com formação na gama de motores. Dos cerca de 50 colaboradores no país, 93 por cento são nacionais. Ali Paulo, que procedeu a abertura das comemorações do centenário comemorado também em Angola, disse que os parceiros e clientes da empresa, vocacionada para a venda e assistência técnica de grupos geradores e motores industriais e marítimos diesel, vai continuar a melhorar o desempenho, apesar da conjunta macroeconómica menos favorável do país neste momento. Postos de vendas A Cummins Angola dispõe de instalações próprias, com um centro de formação e de uma oficina com a função dupla de prestação de serviços de assistência técnica e de formação profissional e foi nesta senda que aquele gestor aproveitou a ocasião para anunciar que está em curso a criação de uma rede de pontos de venda Cummins, nas princiais provincias do país, através da concretização de parcerias com empresas angolanas que tenham como principal objectivo a venda dos produtos comercializados pela empresa no país.

Ramo de actuação
A Cummins Angola, braço da multinacional norte-americana com o mesmo nome, actua nos ramos dos transportes, mineração, petróleo, pescas, construção e energia com a venda e manutenção de geradores e motores diesel. “A nossa disponibilidade actual de stock de peças é de cerda de 75 por cento baseada no pedido incial. Queremos alacançar a marca dos 90 por cento nos próximos anos”, concluiu o gestor da Cummins.