Pela primeira vez, as inscrições aos Prémios Sirius vão ser efectivadas através de uma plataforma digital e podem candidatar-se ao prémio as entidades jurídicas registadas que operam em Angola e que, no último ano, tenham um número igual ou superior a 200 (duzentos) empregados ou um volume de facturação igual ou superior a três milhões de dólares ou o correspondente em kwanzas. As candidaturas na Plataforma Sirius são feitas por meio do endereço electrónico www.deloitte.com/ao/pt/premios-sirius-2018.
As candidaturas aos Prémios Sirius, oitava edição, uma iniciativa da Deloitte visam reconhecer as boas práticas na gestão das empresas e na actuação dos gestores e empreendedores, contribuindo para a criação de uma cultura empresarial de excelência, foram abertas ontem as inscrições e devem ser estendidas até ao dia 26 de Setembro do corrente ano, segundo uma nota de imprensa.
Os nomeados para as categorias dos Prémios Sirius serão conhecidos no início do mês de Novembro.
O processo de identificação e análise das personalidades e empresas elegíveis para efeitos de nomeação, que suporta a decisão do júri, é realizado por uma equipa de profissionais da Deloitte e tem por base os critérios inscritos no “Guia de Nomeação” e no “Regulamento dos Prémios”.
Os vencedores serão conhecidos na gala de entrega de prémios, que terá lugar em Luanda, a 29 de Novembro.
A Deloitte é uma sociedade privada de responsabilidade limitada do Reino Unido, que presta serviços de audit & assurance, consultoria, financial advisory, risk advisory, consultoria fiscal e serviços relacionados a clientes nos mais diversos sectores de actividade.
A primeira edição dos Prémios Sírius, que teve lugar em 2011 visou distinguir talentos numa iniciativa inédita. Cinco categorias constituíram os prémios, atribuídos mediante a avaliação de um júri composto por diversas personalidades, isento, independente e de indiscutível credibilidade, presidido pelo Professor Doutor Manuel Nunes Júnior.