A contabilidade tem a função básica de fornecer informações que auxiliem o processo de tomada de decisão por pessoas interessadas na situação económica e financeira da empresa, tais como accionistas, empregados, governos, concorrentes, financiadores etc, sendo que as informações prestadas pela contabilidade são expressas na forma de relatórios.
Um relatório contábel é a exposição resumida e ordenada de dados colhidos pela contabilidade com o objectivo de relatar aos seus usuários os principais factos registados que permitem a análise com finalidade de extrair informações das demonstrações financeiras, buscando subsídios que auxiliem no processo de tomada de decisão, identificar a sua liquidez, seu nível de endividamento, sua lucratividade e rentabilidade.
Ao fim de cada exercício social, a direcção da empresa fará elaborar, com base na escrituração mercantil da empresa, as seguintes demonstrações financeiras, que deverão exprimir com clareza a situação do património da empresa e as mutações ocorridas no exercício.
I- Balanço patrimonial
II- Demonstração dos lucros ou prejuízos acumulados
III- Demonstração do resultado do exercício
IV- Demonstração dos fluxos de caixa
V- (Se companhia aberta)- Demonstração de valor adicionado.
A demonstração dos fluxos de caixa (DFC) é obrigatória:
Para as empresas que negoceiam as suas acções em bolsa (capital aberto).