stima-se que 10 milhões de alunos, divididos pelos mais variados subsistemas de ensino, estão enquadrados nesse ano lectivo de 2018, que hoje (sexta-feira) marca o regrasso efectivo às aulas. No acto nacional de abertura oficial, presidido pelo Presidente da República, João Lourenço, no Namibe, uma garantia foi dada e está relacionada com o possível aumento das verbas cabimentadas para os sectores sociais, com realce à educação e saúde, no OGE/2018 e que está em discussão nas comissões de especialidade do Parlamento Angolano.
Ante ao cenário de que ainda são necessários mais de 70 mil professores e que um milhão de alunos vão estar fora do sistema de ensino neste ano lectivo, o Presidente da República apelou à preservação das infra-estruturas escolares e que haja maior engajamento do Governo e comunidade (parceiros) na inclusão de alunos e formação de docentes.