O empreendedor e estudante do quinto ano da Universidade Católica de Angola, do curso de Engenharia Informática, Fulgêncio da Cunha, de 24 anos, criou, recentemente, em Luanda, uma plataforma digital, constituída numa rede social, fParties, ao estilo do Facebook, para publicação de eventos múltiplos, com destaque para divulgação de festas a nível nacional e internacional, e já conta com mais de 500 seguidores na sua página.

O estudante disse que a princípio a ideia era criar algo que servisse para busca de festas, só que achou que o site seria muito monótono e decidiu alargar o âmbito do projecto e torná-lo mais ambicioso, para alcançar a mundialização, como acontece com outras redes sociais como o Facebook, WhatsApp, Viber, Instagram e outras, para facilitar o comércio electrónico e a divulgação de eventos do segmento cultural.
“Com base neste aplicativo, os organizadores de eventos vão deixar de colar
panfletos nas ruas”, assegurou.
O jovem investiu, neste projecto, 290 dólares, dinheiro que recebeu de ajuda dos seus irmãos, para o arranque da sua ideia, para a hospedagem da plataforma nos Estados Unidos da América.
Questionado sobre a rentabilização da plataforma, Fulgêncio da Cunha afirma não estar ainda interessado na lucratividade, relegando esta parte para depois. “Estou centrado ainda na popularização do site. O resto vem depois, com a publicidade e parcerias”, garantiu.