A selecção do local para a implantação de uma empresa, fábrica ou depósito de produtos é uma decisão ligada à estratégia empresarial e faz parte do processo de planeamento. Localizar significa determinar o local que será a base das operações; onde serão fabricados os produtos ou prestados os serviços ou onde se fará a administração do empreendimento. Em matéria de localização, nada pode ser negligenciado. Às vezes, detalhes aparentemente pequenos, quando não levados em conta, podem trazer desvantagens sérias. Aspectos negativos da localização devem receber tanta atenção quanto os aspectos positivos. Cada empresa tem as suas peculiaridades, tornando o problema de localização específico para cada situação. Para algumas empresas, pode ser mais importante ficar próximo aos clientes (como supermercados ou hospitais); outras são atraídas pela proximidade das matérias primas ou devem dirigir-se para local onde a mão-de-obra seja abundante ou bem treinada. A localização de uma operação afecta tanto a capacidade de competir quanto outros aspectos, internos e externos. Em empresas industriais, a localização afecta tanto os custos directos, como o custo de transporte (das matérias-primas e componentes para a operação e dos produtos acabados da operação para os clientes), o custo de mão-de-obra (diferentes locais têm diferentes níveis salariais e até legislações diferentes no que diz respeito a custos indirectos) e disponibilidade de energia, água e outros. Em operações de serviço, a localização pode afectar a conveniência do cliente, o volume de tráfego resultante em torno da operação, a visibilidade da operação, entre outras coisas. Decisões erradas de localização não são caras apenas do ponto de vista das consequências, mas também são difíceis e caras de serem revertidas, sendo os seus efeitos bastante duradouros. À primeira vista, as decisões de localização parecem aplicar-se prioritariamente a novos empreendimentos. Entretanto, sem negar a importância desses casos, há empresas em plena operação que também enfrentam problemas de localização. Nesses casos, são opções básicas para a localização de novas unidades operacionais: expandir a localização existente, adicionar uma nova unidade mantendo as demais e por último, fechar uma unidade, abrindo outra em seu lugar. As decisões quanto à localização de instalações não são tomadas de maneira apressada. Ao contrário, elas envolvem longos e custosos estudos de localizações alternativas antes que o local definitivo seja escolhido. Aqueles que já passaram por diversos desses estudos de localização geralmente concluem que não existe nenhuma melhor localização definitiva, mas que, ao contrário, há diversas localizações boas. Se um local for claramente superior a todos os outros em todos os sentidos, a decisão quanto à localização será fácil. Tipicamente, entretanto, diversos locais possíveis surgem como boas opções, cada um com as suas potencialidades e fragilidades e a decisão quanto à localização torna-se uma decisão meio-termo.