O governo alemão vai activar nos próximos tempos um programa de bolsas de estudos para angolanos, fortalecendo assim a relação entre os dois países, conforme anunciou, recentemente, em Luanda, o chefe adjunto da missão da Embaixada da Alemanha em Angola, Marco Mahgeis.
Ao falar na apresentação do projecto aos estudantes da Universidade Agostinho Neto (UAN), o responsável fez saber que anualmente o Serviço Alemão de Intercâmbio Académico (DAAD) disponibiliza 120 bolsas em 250 programas, especialmente para mestrados e PhD.
O responsável alemão informou ainda que o programa contempla cursos de mestrado e doutoramento para
estudantes angolanos.
Marco Mahgeis disse também que os cursos mais frequentes são de Engenharia, Agronomia, Direito e Finanças, sendo que para o mestrado os prazos de entrega das candidaturas são no final de Julho de cada ano, para doutoramento a entrega é a 31 de Outubro, enquanto para o pós doutorado vai de 1 de Abril a 1 de Outubro.
Considerou as bolsas de estudos vantajosas por permitirem que quadros angolanos alarguem o horizonte de conhecimentos para contribuírem no desenvolvimento do país.
Durante o acto, a representante regional do DAAD, Philim Wihue, apresentou o site onde os estudantes interessados poderão obter informações sobre as bolsas, www.funding.guide.de.
Angola é um dos maiores parceiros económicos da Alemanha em África. Empresas alemãs actuam, entre outros, nos sectores das infra-estruturas e das energias renováveis assim como na agricultura, contribuindo para a diversificação da economia angolana. O governo federal apoia o desenvolvimento económico de Angola por meio de consultoria técnica para a melhoria da formação profissional
e de micro-projectos sociais.
Angola é, neste momento, de acordo com dados de 2016, o terceiro mais importante parceiro económico da Alemanha na África subsaariana. Apesar do engajamento dos dois países no aprofundamento das relações económicas e políticas, a balança comercial entre Angola e Alemanha registou, em 2015, uma redução de 19.49 por cento, comparativamente ao ano anterior.