O mercado publicitário foi surpreendido no começo desse ano com o anúncio de que a Coca-Cola mudaria o seu slogan pela 50ª vez. Isso mesmo: cinquenta vezes desde 1886. A informação foi divulgada pelo jornal americano The Wall Street Journal. O novo slogan substituirá o actual, “Viva o lado Coca-Cola da vida”, lançado há três anos.
Na maioria das vezes, o slogan é utilizado para reforçar o posicionamento, que reflecte como se quer ser percebido pelo mercado, mesmo que ainda não seja 100 por cento do que definimos para nossa imagem corporativa ou do produto.
Entretanto, como o conceito de posicionamento estratégico ainda havia sido desenvolvido em 1886, o primeiro slogan da Coca-Cola queria simplemente vender, ao pedir objectivamente: “Drink Coca-Cola”, ou “Beba Coca-Cola”.
Actualmente, muitas empresas buscam um slogan para ajudar a marca a competir no mercado caracterizado pelo excesso de informação.
Em linhas gerais, um slogan deve, logo à saída, diferenciar-se da marca. Também deve ser fácil de memorizar. Isso ajuda a manter sempre a marca na cabeça do consumidor, apesar de alguns estudiosos criticarem a dificuldade, em alguns casos, de saber se o slogan ajuda a marca ou o contrário. O outro ponto importante é destacar no slogan um benefício do produto, serviço ou marca. O benefício é mais fácil de diferenciar e de lembrar. Ou, como dizem os marqueteiros: “venda o cheiro, não o bife.”
Na verdade, os melhores slogans são aqueles que se fundem à marca, transformando tudo num único objecto. Mas nem sempre funciona assim. Ao lançar uma das suas canetas no México, a Parker traduziu literalmente o slogan “ Não vaza no seu bolso e não o deixa embaraçado”. Como no espanhol “embarazar” significa engravidar, além de engraçado, o slogan ficou sem nenhum sentido. Ou teria sido a primeira caneta anticoncepcional do mundo.
Já a Frank Perdue, empresa francesa especializada em frangos congelados preparados, ao entrar na Espanha traduziu o seu slogan “é preciso um homem durão para fazer um frango tenro” para o idioma local. Independentemente do tamanho da empresa, é sempre importante ter um slogan. Ele funciona como a assinatura da sua empresa, tornando o relacionamento com os seus clientes muito mais próximo e agradável.
Todos os empreendedores, do micro ao macro, devem saber que é importante para o fortalecimento da sua marca, possuir um slogan que ajude a memorizar e a construir um vínculo do consumidor com a empresa.
O slogan foi criado pelos Celtas, nome dado a um conjunto de povos organizados em várias tribos, localizadas na Europa séculos atrás, como grito de guerra, buscando incentivar os seus guerreiros durante as batalhas. Um bom slogan deve ser simples e claro, fácil de memorizar, e principalmente, cumprir o seu papel fundamental que é de passar a mensagem desejada pela empresa. Temos slogans que define posicionamento, atributos funcionais, emocionais, tradição, preço, e muito mais.