O cartão Jovem Angola (CJA), que entrou em funcionamento a partir de ontem, quinta-feira (28), em Luanda, vai permitir aos jovens angolanos beneficiar de descontos de cinco a 40 por cento na compra de produtos e serviços.
Com um investimento inicial avaliado em kz 200 milhões, a iniciativa já conta com mais de sete mil jovens
que aderiram ao serviço.
Ao falar à Angop, a propósito do lançamento do cartão, o director comercial e de markting do CJA, Mário Magalhães, afirmou que foram estabelecidas parcerias com lojas, supermercados, empresas de transportes, farmácias, creches, clínicas e universidades, entre outras instituições.
O uso desse cartão, que está disponível para jovens dos 15 aos 35 anos de idade, deverá ser expandido às demais províncias do país, com o apoio do Estado, afirmou o gestor. A acção da SGAR, empresa produtora de serviços, conta com o financiamento do Banco Keve, Global Seguros, Grupo Zhara, produtora Clé, NCR, TBA e a Refriango.
Mário Magalhães afirmou ainda que, para além da redução de preços na compra de produtos e serviços, a actividade fornece bolsa de estudos e emprego.
O Cartão Jovem Angola, uma iniciativa juvenil de âmbito nacional, visa proporcionar vantagens aos jovens em várias actividades do dia a dia, com o intuito de promover medidas que estimulem jovens de todo o país.
Este permite, igualmente, aos seus parceiros, como é o caso das instituições públicas, associações, empresas privadas e organismos de apoio social o acesso a uma ferramenta de marketing rápida e eficaz com retorno garantido, privilegiada, assente numa base de dados de novos consumidores.