Todo o empresário experiente nunca comprou uma acção de publicidade tradicional, sem desenvolver um plano, e com os avanços das tecnologias digitais esse formato de compra não ficou diferente. Um plano estratégico de marketing digital inclui muito dos mesmos elementos de um plano de marketing tradicional. A investigação sobre os mercados-alvo e o comportamento de compra do consumidor é uma obrigação. Identificar pontos fortes e fracos da marca também é bastante importante.
Portanto, uma vez que se realizou uma pesquisa, é hora de começar a traçar estratégias e desenvolver o seu plano. As mídias sociais são mais do que apenas uma maneira divertida de se envolver e se comunicar com os clientes da marca. Ela pode ser uma ferramenta extremamente poderosa de marketing para a empresa convencer na compra de novos produtos.
Por isso, é bastante importante ter em mente que o marketing digital vai muito além de Facebook, Twitter entre outras plataformas de Redes Sociais. E sim que o marketing no ambiente digital é um conjunto de diversas acções estratégicas que auxiliam na comunicação da marca e no aumento da sua presença nesse ambiente para assim, criar uma conversão em vendas.
Mas para que uma pequena empresa consiga sobressair no ambiente digital é muito importante ter um bom planeamento estratégico e utilizar as ferramentas de forma correcta e eficiente. No ambiente digital o conteúdo é base e o engajamento é essencial para o sucesso. Por isso:
1. Entenda o ambiente do mercado: primeiro passo para actuar no ambiente digital é preciso identificar como é o posicionamento (reputação) da sua empresa na web; as oportunidades e ameaças; análise a sua concorrência, as suas estratégias e o público alvo. A partir desse entendimento é possível
nortear o seu plano de acção;
2. Definir uma estratégia de conteúdo: o conteúdo é uma das peças chaves na web, mas para definir como gerá-lo é preciso saber se seu consumidor alvo quer se divertir. A partir disto defina se o seu canal irá utilizar conteúdo próprio, de parceiros ou terceirizado; Se este conteúdo será fechado, aberto ou pago; os formatos, abrangência, periodicidade e outras possibilidades. Se quiser a conversão dos seus produtos ou serviços, é preciso fornecer boas razões para isso;
3. Defina os canais para publicidade: a publicidade te fortalece ao tornar público um produto ou serviço. No entanto planear a forma que tornará público a presença da sua marca no ambiente online é de suma importância, por isso, defina que formato a sua empresa irá divulgar. Seja com publicidade on-line ou off-line, definir os formatos que serão adoptados; identifique os sítios e parceiros que potenciam a publicidade e como medir o retorno desejado;
4. Seja capaz de identificar o surgimento de novas tecnologias; estar nas médias que são relevantes para sua marca e onde o seu consumidor está inserido é o básico. Mas ser o pioneiro num novo meio digital é muito importante, além de ser bem visto aos olhos dos consumidores e da massa crítica;
5. Monitore a concorrência - caiba o que a concorrência está a fazer e como está se relacionar, gerando os seus conteúdos, descubra quem é o favorito no digital pelos internautas e se antecipe nas tendências, trazer o novo é sempre uma boa estratégia;
6. Analise as ferramentas para executar estratégias de marketing digital: analisar as possibilidades e as acções disponíveis (marketing directo, viral, de afinidades, de infiltração, que podem ser implantadas no seu canal; definir as acções que serão implementadas (formato, periodicidade, público-alvo).