Apesar da fase ruim do mercado de smartphones, o ranking Global 2000 de 2019, com as maiores empresas de tecnologia do mundo, traz um recorde. Pela primeira vez, a lista reúne um total de 184 marcas, de fabricantes de chips a computadores em nuvem.
O número representa uma alta de 40 por cento comparado com o ano passado. Juntas, as companhias de tecnologia da Global 2000 de 2019 têm mais de Usd nove trilhões em valor de mercado, Usd quatro trilhões em activos e quase usd três trilhões em vendas.
O momento no entanto, é de alerta. Neste ano, nenhum valor de mercado atingiu trilhões de dólares. As líderes do sector colhem frutos, enquanto outras vêem a renda cair. O melhor exemplo é a companhia que ficou no topo da lista pelo quarto ano consecutivo: a Apple. Sediada em Cupertino, Califórnia, a empresa foi impactada pela saturação do segmento de smartphones, mas obteve bons resultados com o segmento de serviços, a redução de gastos e um conjunto aprimorado de ofertas.
Melhor desempenho em vendas brutas de todas as empresas da 17ª edição anual da Forbes Global 2000, a Apple teve receita anual de Usd 262 bilhões e reinou como a empresa mais lucrativa do mundo, com um lucro líquido de usd 59 bilhões.
Quando se avista além do topo da lista, saltam aos olhos os sinais de uma indústria em crise. De novo no segundo lugar, a Samsung amargou a queda de 13 por cento nas suas receitas. A Intel ficou na 5ª posição, com a melhora nos resultados prejudicada pelas baixas nos preços dos seus chips — que ainda podem reduzir as próximas estimativas da fabricante. A Microsoft e a Alphabet do Google, mantêm-se na 3ª e 4ª posições, respectivamente. Caso você esteja a perguntar-se, a Amazon e Alibaba são
apresentadas na lista de varejo.
A lista também traz novos nomes no ramo da tecnologia. Após a sua oferta inicial (IPO) em Fevereiro, o aplicativo de transporte Lyft manteve-se na posição 1949. A rival Uber ainda não é considerada pelo levantamento, porque até à divulgação desse ranking, não havia começado
a negociar acções na bolsa.
No meio digital, um fortalecimento das estimativas do Facebook promete recuperar a empresa de um ano de constante escrutínio, consolidando-a como a maior empresa de rede social na lista. Atravessando o Oceano Pacífico, a Tencent, sediada em Shenzhen (China), conseguiu fortalecer a sua presença nos mercados de media e entretenimento consumidos no país, ficando em 9° lugar.
A única empresa a cair no Top 20 foi a HP. A gigante de hardware teve o seu modelo de negócios ameaçado por alternativas de fornecimento de impressões mais baratas que começaram a ser oferecidas por outras companhias da indústria. Segue abaixo as 10 maiores empresas de tecnologia do mundo em 2019:
1. A norte-americana Apple, que tem como CEO, Tim Cook, tem um valor de mercado que ronda os Usd 961,26 bilhões;
2. A sul-coreana Samsung Electronics, tem como Hyun-Suk Kim, possui um valor de mercado de Usd 272,4 bilhões;
3. A norte-americana Microsoft, cujo CEO é Satya Nadella, tem um valor de mercado de Usd 946,5 bilhões;
4. A também norte-americana Alphabet, com CEO Lawrence Page, possui um valor de mercado de Usd 863,2 bilhões;
5. A norte-americana Intel, cujo CEO é Robert Swan, detém um valor de mercado orçado em Usd 263,1 bilhões;
6. A norte-americana IBM, com
CEO Virginia M. Rometty, tem um valor de mercado de Usd 124,9 bilhões;
7. A norte-americana Facebook, cujo CEO é Mark Zuckerberg, possui um valor de mercado orçado em Usd 512 bilhões;
8. A norte-americana Cisco Systems, com CEO: Chuck Robbins, tem um valor de mercado: usd 248.3 bilhões;
9. A chinesa Tencent Holdings, cujo CEO é Hua Ma, possui um valor de mercado de Usd 472,1 bilhões;
10. A norte-americana Oracle, que tem como CEO Mark Hurd, tem um valor de mercado de Usd 186,3 bilhões.