Entre as pesquisas internas, a de clima organizacional é a mais comum e a que tem aspectos metodológicos mais desenvolvidos. É uma importante ferramenta para os gestores, pois permite analisar a situação em que a empresa está e utilizar essas informações como base para acções correctivas e preventivas, que visam proporcionar a analise do ambiente interno da organização, bem como o conjunto de condições que caracterizam o estado de satisfação e / ou insatisfação dos colaboradores na empresa e das demais pessoas que com eles interagem.
Esse tipo de pesquisa acompanha o estado de satisfação e comprometimento dos colaboradores com a organização, permitindo que os gestores tracem estratégias e acções direccionadas ao crescimento e ao desenvolvimento das pessoas e ao aumento da produtividade e qualidade. Em outras palavras, esse tipo de pesquisa é fundamental para que a área de recursos humanos possa actuar de maneira eficaz e gerar resultados para a organização.
A pesquisa permite identificar o grau de alinhamento entre a cultura definida pela organização e as acções realizadas no dia-a-dia. Assim, busca retratar o estado de satisfação dos colaboradores em relação a itens como:
O seu trabalho, a empresa.
O seu próprio desempenho.
Os colegas, as condições de trabalho, a liderança.
De maneira sucinta, pode-se definir que o objectivo principal da pesquisa de clima organizacional para qualquer empresa é fornecer subsídios para o planeamento e implementação de acções que permitam maximizar, cada vez mais, as relações com os colaboradores e oferecer condições de trabalho adequadas, proporcionando oportunidades de desenvolvimento e estabelecer um óptimo ambiente de trabalho, contribuindo para o alcance dos objectivos definidos pela direcção.