O Ministério do Ambiente em parceria com a Eventos Arena, apresentaram esta semana, em Luanda, a 7ª edição da Feira Internacional de Tecnologias Ambientais sob o lema “Promover a economia circular em todos os sectores da vida nacional”. O evento acontece de 5 a 8 de Junho de 2020, na Baía de Luanda.
O acto de lançamento contou com a presença do secretário de Estado para o Ambiente, Joaquim Manuel, em representação da ministra do Ambiente e do presidente do Conselho de Administração do Grupo Arena, Bruno Ricardo Albernaz, que assistiram a assinatura do protocolo de entendimento entre as partes, válido para realização de duas edições da Ambiente Angola, podendo o mesmo ser renovado e revisto para edições seguintes através de protocolos adicionais.
Para esta 7ª edição da Feira Internacional de Tecnologias Ambientais, o Ministério do Ambiente prevê a realização do Ciclo de Conferências, de 5 a 8 de Junho de 2020, com temas ligados a Economia circular, crescimento da economia verde e crescimento da economia azul.
A economia circular, consiste na redução, reutilização, recuperação e reciclagem de materiais e energia.
Substituindo o conceito de fim-de-vida da economia linear, por novos fluxos circulares de reutilização, restauração e renovação, num processo integrado, a economia circular é vista como um elemento chave para promover a dissociação entre o crescimento económico e o aumento no consumo de recursos, relação até aqui vista como inabalável.