QVT) é o grau de satisfação que um colaborador tem com as funções exercidas e com o local em que trabalha. A satisfação de um profissional não é algo que diz respeito somente a ele. É sim uma questão que deve ser vista pela gestão da organização, afinal a satisfação do colaborador está directamente ligada aos bons resultados que a empresa obtém ou deseja obter. As empresas são formadas por pessoas e como tal nada melhor do que ter trabalhadores motivados, felizes e engajados, prontos para colocar os seus talentos à disposição da empresa, para que juntos possam colher bons frutos. Garantir um alto nível de qualidade de vida no trabalho faz parte da acção conjunta entre gestores, empresários e equipa de gestão de pessoas. Investir em equipamentos e máquinas, estimular a cordialidade e gentileza entre trabalhadores para criar uma cultura organizacional amistosa e agradável, são algumas das muitas iniciativas que a organização pode.
O papel da empresa
Para garantir a qualidade de vida, a actuação da área de Recursos Humanos, tem papel fundamental na execução das acções, enquanto representantes da organização, responsáveis por observar e garantir que todos tenham um ambiente tranquilo. Os profissionais de RH têm condições de adequar cargos, funções e salários e garantir que todos os colaboradores tenham condições e benefícios justos de acordo com o que desempenham e com o seu comprometimento com a organização.