Os custos da exclusão no local de trabalho são devastadores para as empresas. Embora haja a tendência de pensar que a pertença apenas importa nas vidas pessoais, um estudo divulgado pela startup de desenvolvimento de liderança BetterUp esclarece que pertencer ao local de trabalho é vital para o bem-estar dos funcionários e o funcionamento organizacional.
Felizmente, quatro maneiras de promover a pertença no local de trabalho surgiram da pesquisa:
1. Crie aliados no trabalho - Uma poderosa solução preventiva que a BetterUp encontrou por meio das suas simulações foi a adição de um aliado à equipa, definido como “alguém que reconhece e inclui você”. Com a presença deste representante, a exclusão activa por parte de outros não teve impacto sobre a pessoa deixada de fora, de forma a rebater a perda de produtividade de 25 por cento observada em pessoas excluídas que não tinham um aliado;
2. Promova experiências de construção de empatia - Embora alguns casos de exclusão no local de trabalho sejam intencionais, muitos são acidentais -mas igualmente dolorosos. Podemos simplesmente não perceber que estamos deixando um colega de trabalho ou um superior de lado até que experimentemos o local de trabalho da mesma forma que eles.
3. Estimule interações saudáveis - Também é possível atentar-se ao “poder do momento” para construir o sentimento de pertencimento. As psicólogas organizacionais Jane Dutton e Emily Heaphy cunharam o termo “high-quality connections” (HQC ou “conexões de alta qualidade”, traduzido para o português) para descrever interações que têm um impacto positivo em nossas vidas e trabalho.
4. Reflita sobre a exclusão verbalmente - Embora seja ideal evitar a exclusão antes que ela aconteça ou se juntar a um aliado para prevenir os seus efeitos negativos, às vezes, isso não é possível. A pesquisa de simulação da BetterUp descobriu que existem maneiras de intervir mesmo após a exclusão mais “justa, inclusiva e agradável”.