Os Sistemas de Informação Gerencial (SIG) são processos que fornecem as informações necessárias para gerir com eficácia as organizações. Um SIG gera produtos de informação que apoiam muitas necessidades de tomada de decisão administrativa e são o resultado da interacção colaborativa entre pessoas, tecnologias e procedimentos, que ajudam uma organização a atingir
as suas metas.
Um SIG pode incluir software que auxilia na tomada de decisão, recursos de dados, tais como bancos de dados, o hardware de um sistema de recursos, sistemas especialistas e todos os processos informatizados que permitem que a empresa funcione eficientemente. É um sistema que disponibiliza a informação certa, para a pessoa certa, no lugar certo, na hora certa, da forma correcta e com o custo certo.
Os SIG possuem uma multiplicidade de produtos de informação, que são apresentados através de relatórios que ajudam os gerentes com o fornecimento de dados e informações para a tomada de decisões. Os principais relatórios oferecidos por esses sistemas são:
Relatórios programados: Estes relatórios são uma forma tradicional de fornecimento de informações para os gerentes. Exemplos típicos desses relatórios são os relatórios de vendas diárias e semanais ou demonstrativos financeiros mensais.
Relatório de excepção: São casos excepcionais de relatórios onde o gerente pode obter informações específicas. Como exemplo, um gerente de crédito pode receber um relatório que contém informações apenas sobre clientes que excedem os limites de crédito.
Os Sistemas de Informação Gerencial são parte integrante das estratégias empresariais, pois a comunicação e a informação são de grande valor nas organizações. A qualidade da decisão tomada pelo gerente vai depender da qualidade e relevância das informações disponíveis. Por isso é muito importante investir num SIG para oferecer informações rápidas, precisas e principalmente úteis.