A empresa angolana denominada “Finanças para Todos” foi vendida parcialmente no mês Dezembro do ano passado em 40 por cento, fruto de avaliações independentes realizadas previamente pela gestão da Starup.
O anúncio da venda da Comunidade foi feita através de um comunicado da direcção da empresa e pelo seu fundador e director Executivo, Daniel Sapateiro, que assinou o contracto da venda com a parte compradora, na capital do país.
O valor da participação mantém o seu fundador, Daniel Sapateiro, como sócio maioritário da sociedade constituida e garante uma expansão para os outros países da Comunidade de Países de Língua Oficial Portuguesa (CPLP) e de língua inglesa pela nova composição societária da empresa, como consta no Plano Estratégico da Comunidade até 2022, onde a Visão é estar em todos os países onde se fala português e que agora alarga o seu horizonte geográfico.
A empresa “Finanças para Todos”, gere uma Comunidade multiplataforma, focalizada nas áreas da educação financeira para particulares e para empresas, estando esta presente, em apenas um ano de existência, em trêspaíses, nomeadamente Angola, Moçambique e São Tomé e Príncipe, como modelo de negócio via parcerias com centros de formação, institutos, escolas de negócios e ainda com presença virtual nas seguintes plataformas: Whatsapp, Facebook, Linkdin, You Tube e no seu site próprio: www.financasparatodos.net.
O Finanças para Todos começou a sua actividade no dia 6 de Setembro de 2018 no Whatsapp. Hoje conta com mais de três membros apenas e só apenas no Whatsapp.
A sua visão é ser a maior plataforma de informação e educação financeira para pessoas e empresas em todo o espaço da Comunidade de Países de Língua Oficial Portuguesa (CPLP), cujo o objectivo é transmitir, informar, educar mediante informação administrativa e financeira aos interessados.