Vários especialistas em relacionamentos dizem que é possível conciliar relações duradouras com cargos de alta importância - desde que ambos os elementos estejam dispostos a trabalhar por isso.
A maior dificuldade para conciliar todos os prós e contras de uma relação com os de duas carreiras exigentes é a falta de tempo. É, pelo menos, a convicção de Michael McNulty, instrutor do The Gottman Institute e fundador do Chicago Relationship Center.
Estas oito técnicas propõe-se ajudar qualquer casal a conciliar o trabalho com o amor, e os seus respectivos prazeres e responsabilidades:

1. Priorizar o tempo passando juntos - Partilhar experiências é essencial para o bom funcionamento de uma relação. Mark Zuckerberg, o criador do Facebook, por exemplo, escreveu um “acordo relacional” com a sua mulher Priscilla Chan quando eram ainda namorados. No acordo, Zuckerberg comprometia-se a levar Chan a uma saída romântica por semana e a passar 100 minutos do seu tempo livre com ela, fora do escritório ou de casa;

2. Ser altruísta - Laurie Gerber, life-coach da consultora Handel Group, diz que ter práticas altruístas ajuda os casais a sentirem-se realizados. Há dois anos, Zuckerberg e Chan lançaram a Chan Zuckerberg Initiative, uma autointitulada “empresa filantrópica” que apoia setores como a medicina e a educação. Também o casal Gates – Bill Gates e Melinda Gates - têm uma fundação
conjunta desde o ano 2000;

3. Ouvir e sentir empatia - Mandar mensagens de texto não é suficiente. É importante “dispender tempo todos os dias para falar com o cônjuge, pessoalmente ou por telefone, sobre a vida um do outro”, afirma McNulty.
“Foque-se nos eventos ou coisas stressantes que são importantes para o seu parceiro. Oiça. Ajude o seu cônjuge a expressar os seus sentimentos. Mostre apoio. Não tente resolver nem consertar os problemas de imediato”, explica;

4. Falar dos problemas antes que seja tarde de mais - Se há coisa que as pessoas com pouco tempo livre sabem, é isto: o tempo é demasiado escasso para guardar rancores. E isso engloba, claro está, a relação. O truque reside em expressar os desejos e os desagrados em tempo útil.
“Somos muito adversos ao conflito na nossa cultura e, portanto, certas vezes as pessoas tem medo de se manifestar sobre o que precisam umas das outras”, diz McNulty;

5. Valorizar o outro - Contar diariamente um ao outro aquilo que se aprecia e admira nele pode ser um grande passo para o sucesso de uma relação, diz McNulty.
“Pode ser sobre quem o seu cônjuge é ou sobre algo que ele ou ela fez recentemente. Se os parceiros viajarem ou tiverem horários diferentes, poderão ter de fazer
isto pelo telefone”, explica;

6. Concordar cpm o outro sobre assuntos importantes - Assuntos importantes para o casal, como limites pessoais, necessidades sexuais e amorosas e alguns comportamentos a adoptar, devem ser discutidos e acordados desde cedo. “Dois egos num casamento podem ser muito bons, se todos os assuntos importantes forem acordados previamente”, diz Gerber.

7. Comprometer-se um com o outro acima de tudo - “A relação deve vir em primeiro lugar”, afirma McNulty. Para ter sucesso no amor, os casais mais ocupados devem comprometer-se um com o outro antes de qualquer outra coisa.
“Uma carreira de sucesso e um ambiente de trabalho emocionante podem distrair os parceiros da sua relação e da família que criaram”, explica.

8. Trabalhar num sítio que valorize as relações familiares - Se trabalha num sítio que percebe a importância da família no dia-a-dia dos trabalhadores, está com sorte. Ambientes de trabalho que promovem o balanço entre a vida familiar e profissional podem ter um impacto muito positivo para a boa manutenção do casamento.