As empresas têm reconhecido que a busca da excelência é uma questão de sobrevivência. Por isso, buscam investir na qualificação do seu quadro de profissionais, por reconhecerem-no imprescindível para o alcance do diferencial competitivo.

Sabe-se hoje, que o trabalho em equipa, o controlo e a inteligência emocional são os grandes desafios do mundo moderno. É importante que os funcionários e gestores saibam transitar com desenvoltura pelos diversos papéis que precisam desempenhar. Quanto melhor o desempenho, maiores serão as hipóteses da empresa no mercado.
O psicodrama vem às organizações como forma de agregar valores, pois a sua actuação realiza-se no aqui e agora, uma vez que visa a compreensão do comportamento actual e a sua explicação.
Ele não interpreta situações, mas procura criar condições para que os fenómenos organizacionais ocorram de forma espontânea por meio de jogos empresariais e de dinâmicas de grupo.
A dramatização ocorre nos contextos: dramático, social e grupal com o apoio dos seguintes instrumentos: cenário, protagonista, director, ego, auxiliar e auditório.
Técnicas dramáticas são aplicadas em diferentes áreas. Nas organizações, elas podem ser utilizadas em treinamento, desenvolvimento e selecção de profissionais, com o objectivo de mobilizar recursos criativos, minimizar conflitos grupais e melhorar o clima e a qualidade de vida. É um método eficiente para evidenciar defesas conscientes e inconscientes das pessoas. Por intermédio do psicodrama é possível a pessoa conhecer suas emoções, reconhecer os sentimentos no momento em que surgem e administrá-los.
O método psicodramático utilizado no contexto organizacional possibilita vivência e reflexões que favorecem o autoconhecimento, o desenvolvimento de aspectos motivacionais e a autoconfiança do profissional. Além disso, facilita o aprimoramento de habilidades interpessoais, tais como colaboração, comunicação, autocontrolo e empatia, além do reconhecimento da importância do seu papel, como membro da empresa, para o cumprimento dos objectivos organizacionais e da qualidade do ambiente de trabalho.
Vale lembrar que a aplicação do psicodrama nas empresas, requer um contexto, um tema e um profissional preparado para aplicar a técnica e trabalhar com questões surgidas para que não fiquem questões mal resolvidas.