Cerca de 750 camponeses da comuna de Cabiri, município de Icolo e Bengo, em Luanda, beneficiaram, recentemente, de 85 bombas manuais de água, para a irrigação dos campos agrícolas.
A doação efectuada pela organização não-governamental Ajuda de Desenvolvimento de Povo para Povo (ADPP) contempla também 75 máquinas de moer ginguba.
Em declarações à Angop, o responsável da ADPP, Layton Mangwiye, disse que as máquinas de irrigação e as moedeiras foram doados e financiadas por um grupo petrolífero angolano com objectivo de ajudar a economia familiar.
Este grupo petrolífero, segundo Layton Mangwine, por intermédio da ADPP realiza o projecto designado “Clube de agricultores de Luanda” que inclui, não só a entrega de meios para doação, mas também a formação dos camponeses com novas técnicas de cultivo e alfabetização.
O grupo possui um campo agrícola onde os camponeses, distribuídos em 15 grupos de 50 pessoas, recebem aulas práticas sobre as novas técnicas de cultivo como, a medição do terreno, para saber a distância necessária entre as sementes no solo e a produção de compostos orgânicos para evitar os fertilizantes químicos.
“Depois das aulas teóricas, os camponeses praticam nas suas lavras, onde, uma vez por semana, o instrutor agrícola, responsável por três famílias, verifica a aplicação dos conhecimentos adquiridos”, esclareceu.
Os produtos dessas famílias são comercializados nos mercados informais do KM-30, Sabadão e Funda, assim como nas escolas de formação de professores da ADPP nos Ramiros.