Os agricultores de Malanje mostram-se satisfeitos com a iniciativa. É o exemplo de Florinda Chilombo, que está a desenvolver um projecto agrícola, na região de Ngola Luíge, no município de Malanje.
Com uma área com 220 hectares, o produtor fez o aproveitamento de 100. Actualmente plantou em 25 hectares milho e prevê semear noutros 25 também este cereal, para totalizar 50.
Depois do milho, Florinda Chilombo que também tem acções numa associação da agro-pecuária do município de Kiuaba Nzoge, vai preparar o terreno para plantar soja e o alho.
Assegurou à nossa reportagem que “vive inúmeras dificuldades”, desde a falta de um semeador, adubadora, para além do problema do acesso ao projecto por estrada, que se constitui numa “dor de -cabeça”.
“A estrada está mal, pelo menos deviam fazer terraplanagem, para evitar esta luta que fazemos todos os dias, transpondo inúmeros buracos”, desabafou.
Para desenvolver a sua actividade, Florinda Chilombo conta com a força de trabalho recrutada localmente que para o efeito, leva em troca, bens alimentares como óleo alimentar, arroz, dentre outros.
Do trabalho já realizado, a produtora disse ter já gasto mais de 6 milhões de kwanzas. FC