Em declarações, na passada terça-feira, à imprensa, o administrador municipal de Ngonguembo, Mateus André Garcia, referiu que o projecto, sob tutela da Direcção Nacional das Águas, está a ser implementado desde Janeiro do ano em curso na região, a partir do rio Sengueji, na localidade de Tumba, a cerca de três quilómetros da sede municipal.
Sem pormenorizar as características do sistema, o responsável adiantou que o projecto abrangerá 12 bairros da circunscrição, nomeadamente, Bango Tumba, Kifunza, Sala Funda Banza Quilombo, Kanda, Kasangas A,B e C, assim como Madeira, Binga, Muene Ngombe, Kiledi, Velho Yango, Valódia, Zamba Lundo.
O projecto contempla a instalação de ligações domiciliárias e construção de chafarizes públicos nestas zonas referenciadas.
Mateus André Garcia frisou que o projecto está subdividido em duas fases, tendo sido já concluída a primeira, consubstanciada na instalação dos equipamentos de captação, tratamento e distribuição do líquido que já está em funcionamento experimental, com distribuição de água em alguns domicílios e chafarizes da vila do Quilombo dos Dembos.
Acrescentou que a segunda fase abarcará a extensão da rede de distribuição aos bairros distantes da referida vila.
Por outro lado, Mateus Garcia referiu que acções de género estão igualmente em curso para a operacionalização do Sistema de Água da comuna de Camame, com a aquisição de equipamentos que possibilitarão o tratamento, e distribuição do líquido naquela circunscrição.