Ondjiva - A Delegação das Alfândegas da província do Cunene arrecadou, durante o ano transacto, Akz 10 biliões 843 milhões 02 mil e 742, superando os quatro biliões 357 milhões 32 mil e 791 kwanzas colectados em 2007, soube hoje (terça-feira) a Angop.

De acordo com um documento da instituição a que a Angop teve acesso, os valores foram arrecadados pela delegação aduaneira de Ondjiva, através dos postos de Santa Clara e de Kalueque, cujo crescimento das receitas se deveu ao aumento dos investimentos e das transacções comerciais.

Segundo a nota, as receitas aduaneiras tem crescido de igual modo fruto das reformas em curso no sector e do alargamento da base tributária, desde o início do processo de modernização das Alfandegas, em 2000.

A modernização do sector contempla a aplicação de tecnologias de informação e a formação continua dos quadros técnicos, bem como a observância rigorosa das boas praticas, recomendadas pela Organização Mundial das Alfandegas.

A Delegação das Alfândegas do Cunene controla os postos aduaneiros de Kalueque e de Santa Clara, principais pontos de entrada e saída de mercadorias via terrestre.