Angola e os Emirados Árabes Unidos (EAU) estão a analisar projectos para a promoção do sector do Turismo e atracção de mais turistas e investidores para o país, disse na passada quarta-feira, em Luanda, o xeique daquele emirado, Ahmed Dalmook Al Maktoum. Em declarações à imprensa, depois de um encontro com a ministra do Turismo, Maria Ângela Bragança, o xeique disse que tiveram grandes discussões de como podem contribuir para promover o sector do Turismo. Realçou que o Turismo é um grande sector, onde os investidores podem aplicar os seus recursos e trazer mais turistas. ”Angola é abençoada com muitos cenários e acredito que muitos turistas, a nível do mundo, gostavam de visitar um país assim”, afirmou o responsável.

Trazer investimentos
Por seu turno, a ministra do Turismo, Ângela Bragança, disse que, durante o encontro, foi possível abordar questões ligadas ao Marketing e à possibilidade de trazer investimentos do Dubai para diferentes áreas em Angola, nomeadamente em zonas onde “tem reservas naturais, atendendo que existem zonas diferentes, relativamente àquilo que é o Dubai, um país deserto”. Afirmou que estão num bom começo de diálogo, sendo que este era o segundo encontro, “a partir do próximo ano vamos começar uma cooperação directa”. Ângela Bragança afirmou que o responsável dos EAU apresentou a Expo-2020, que se realizará no Dubai, como uma montra que estará aberta ao mundo ao longo de seis meses, onde se pode fazer o marketing intensivo de Angola, uma vez que estão previstas 25 milhões de pessoas. “É uma possibilidade de o país se mostrar ao mundo. Vamos trabalhar para que isso aconteça da melhor maneira”. Durante o encontro, que acontece depois da visita da ministra ao Dubai, em Novembro, foram apresentadas as oportunidades de investimento no sector em Angola, com destaque para pólos turísticos provinciais com grande potencial.