A  produção de café na província do Bengo está a melhorar mas ainda carece de apoio, sobretudo financeiro, deu a conhecer esta semana, em Caxito, o responsável do departamento provincial do Instituto Nacional do Café, Mayomona Rómulo.

Em declarações à Angop, Mayomona Rómulo acrescentou que, em 2012, foram colhidas 59 toneladas das 78 previstas devido à estiagem, mas para este ano o departamento provincial do Instituto Nacional do Café no Bengo perspectiva uma colheita na ordem das 70 toneladas.

O responsável sustentou que a melhoria na produção do café se deve à recuperação de algumas fazendas agrícolas que no princípio do ano eram 35 e actualmente são 42.

Os municípios dos Dembos, Nambuangongo, Bula Atumba, Pango Aluquém e Dande são os principais produtores de café na província do Bengo, de acordo com o departamento provincial do Instituto Nacional do Café.

A empresa Procafé e o empresário Diamantino Godinho têm sido os principais compradores de café aos produtores locais, facilitando o escoamento do produto, segundo afirmou o responsável.

Mayomona Rómulo disse que a província do Bengo precisa de uma torrefação (estabelecimento onde é torrado o café), pois ajudaria no consumo de café, com maior qualidade, por parte dos habitantes da província.

Revelou que, em 2010, o departamento provincial do Instituto Nacional do Café procedeu ao levantamento e à avaliação do nível de aproveitamento das fazendas em diferentes municípios do Bengo.

Actualmente, 266 fazendas  encontram-se paralisadas, algumas das quais há mais de 15 nos.

Reiterou que o departamento provincial do Instituto Nacional do Café tem apoiado os cafeicultores da região com sementes e “inputs” agrícolas.

Por outro lado, o responsável informou que apenas uma das três máquinas de descasque do café está a funcionar, no município dos Dembos.

Entretanto, está prevista a instalação nos próximos tempos de uma máquina de descasque no município do Bula Atumba e outra em Nambuangongo. Esta última já se encontra no local, aguardando apenas pela sua entrada em funcionamento.