Mais de 1,4 mil milhões de kwanzas é o valor que a administração municipal de Caluquembe (Huíla) vai empregar nos programas que visam a satisfação das necessidades da população, nos domínios da energia e água, saneamento básico, vias de acesso, agricultura, anunciou o administrador municipal, José Arão Nataniel Chissonde.
O administrador municipal de Caluquembe informou que parte do dinheiro vai ser gasto para a construção de pontes, habitações pela função, construção e reabilitação de escolas construídas com a participação da comunidade nas
três comunas do município.
José Arão Nataniel disse que a estratégia para a aplicação desses projectos já começou e a sua aplicação, e está alinhada no cumprimento do Programa de Intervenção Municipal (PIM), onde constam várias acções.
O mau estado das vias que dão acesso as zonas de produção de cereais em grande escala, preocupa os camponeses
do município de Caluquembe.
Segundo o administrador local, Caluquembe é um dos municípios celeiros
da província da Huíla.

Fomentar o auto-emprego
As associações do cooperativismo feminino do município de Caluquembe receberam máquinas de costura para
o fomento do auto-emprego. Foram entregues mais de 20 máquinas de costuras com os respectivos kits (agulhas e kits de bordados) que abrangeram mulheres associadas da igreja Católica, Evangélica Sinodal de Angola (IESA), pelo governador provincial da Huíla, Luís Nunes, que trabalhou naquela circunscrição, onde orientou a primeira reunião de Auscultação e Concertação Social do Governo local. Por outro lado, mais de 180 salas de aula construídas no município de Caluquembe entram em funcionamento, no III trimestre, informou o administrador municipal local.