O Fundo Soberano para o Desenvolvimento de Angola está a financiar a construção de 33 pontos de água em toda a extensão do município de Caluquembe, província da Huíla, o que vai tornar mais abrangente, o consumo do precioso “líquido” à população local, informou ao JE, o administrador local, José Arão Nataniel Chissonde.
Segundo disse, o projecto abrange as aldeias e povoações das comunas da Negola, Calepi e a sede Sandula, está a ser concretizado em parceria com a administração local e a Organização Não Governamental “People in Need”.
José Arão Nataniel informou igualmente que no período 2012/2016, no quadro da implementação dos programas virados para o bem-estar da população, foi construído no município, uma Estação de Tratamento de Água (ETA) na sede municipal.
Salientou que foi ainda aprovado o contrato das obras para a construção do novo sistema de abastecimento de água à sede municipal de Caluquembe, a partir do rio Qué, no sector da Vila-branca.
A acção, acrescentou, vai contribuir positivamente na diminuição das doênças originadas pelo consumo do líquido não tratado.
José Arão Nataniel anunciou que durante o período em referência, foram criados pontos de água nas localidades de Mumue, Cussesse, Gando, Vila-branca, Cahãla, Chaunje, Cacomba, Mercado municipal da Alemanha, Lomba, Vatuco, Embala Unhangui, Campuena, bem como o Bairro 25 de Abril.

Oferta habitacional

A criação da centralidade da Cachicacala (Caluquembe) permitiu aumentar a oferta habitacional.
O administrador informou que na centralidade já foram erguidos edifícios de um a dois andares, bem como casas sociais, na sua maioria colocadas já à disposição dos seus proprietários, por intermédio de requisitos pré-estabelecidos.
Foram construídas 26 residências no Bairro Cachicacala no âmbito dos 200 fogos habitacionais por município.
Referiu ainda que a nível do município foram reabilitadas e apetrechadas duas casas comerciais, no sector da Vila-branca e na sede da comuna da Negola, bem como a aquisição de cinco geradores para o fornecimento de energia eléctrica, nas sedes comunais.

Projectos estruturantes

No domínio das infra-estruturas, salientou que as principais ruas da sede municipal de Caluquembe foram asfaltadas.
O arranque das obras de construção do novo edifício da administração municipal, a construção do edifício da administração comunal de Calepi, assim como seis casas evolutivas no sector do Vatuco, constituem algúns dos projectos já realizados.
“No quadro do cumprimento das orientações superiores, através dos vários programas implementados no município, foi possível concretizar inúmeras acções e tarefas, com o empenho e dedicação de todos munícipes de Caluquembe”, salientou.
A montagem do sistema de iluminação pública no bairro da Etonga, construção da Loja dos Registos, posto de emissão do Bilhete de Identidade, conservatória do registo civil e serviço de notariado, este último, dinamizou a atribuição da identidade dos cidadãos locais.
O administrador municipal de Caluquembe disse ainda que a montagem do sistema de iluminação pública na sede municipal e na Avenida do Bairro 4 de Fevereiro, construção da escola de formação de professores (permitiu que anualmente, mais de cinco mil jovens se desloquem ao município para frequentar aulas).
O responsável destacou ainda a criação por decreto executivo conjunto dos Ministérios da Educação e da Administração do Território, a criação do Magistério Primário da Missão Católica de Santiago.
Ainda observando o exposto no Decreto Executivo conjunto dos Ministérios da Educação e da Administração do Território, foi possível criar no município, o Instituto Politécnico de Caluquembe “Dr. Alfredo Berner”.