Mais de 1.000 toneladas de fertilizantes foram entregues, este ano, aos camponeses da comuna do Cunje, município do Cuito, província do Bié, no quadro das estratégias do governo que visam impulsionar as actividades agrícolas.
Os fertilizantes (adubo, sulfato de amónio e ureia) foram entregues aos lavradores de 28 associações e a três cooperativas, para assegurar a campanha agrícola 2017/2018, na circunscrição, disse à Angop, a administradora comunal do Cunje, Alzira Bety Ucuenhanga.
Sem revelar a quantidade de produtos colhidos no ano transacto, disse que a maior parte dos produtos da região são comercializados em Benguela, Huambo e Moxico.
A comuna do Cunje está situada sete quilómetros a norte da cidade do Cuito, tem uma população estimada em mais de 150 mil habitantes, maioritariamente camponeses. A vida das famílias baseia-se no cultivo do milho, feijão, batata doce e mandioca, associada à criação de animais de pequeno e médio porte.
Em 2016, um total de 15 associações e quatro cooperativas de camponeses da comuna do Cunje receberam 20 charruas e outros meios de produção.