O vice-governador da província do Kwanza Norte para os serviços
técnicos e infra-estruturas, Erlindo Lidador, manifestou-se, recentemente naquela província
o seu grau de satisfação, de execução das obras de construção
de 100 residências sociais no município da Banga, inseridas
no programa de construção
de 200 fogos habitacionais em curso na região.
Em declarações à Angop o governante explicou, no quadro de uma visita que efectuou ao referido município, Lidador considerou
ter havido uma evolução na execução das obras, nos últimos
meses.
O dirigente manteve também um encontro com os membros da administração municipal, bem como os responsáveis das empresas Tuamutunga e Adissandra,
encarregues da empreitada,
de quem ouviu algumas preocupações, relacionadas com as dificuldades de acesso, motivadas pela degradação da estrada.
o vice-governador recebeu da empresa Adissandra garantias
no sentido de se aumentar a produtividade do trabalho nos próximos dias com vista a se concluir
a empreitada em Setembro
próximo, com a qualidade desejada.
Solicitou dos fiscais do empreendimento maior rigorosidade
no exercício das suas funções, assim como fez algumas
observações correctivas e pontuais no aspecto dos acabamentos
das casas de banho, cozinhas, do piso e das paredes e no concernente à cor das residências
em causa.
O município da Banga, está localizada a 153 quilómetros a Norte de Ndalatando (capital do Kwanza-Norte), compreende uma superfície de 1.259 quilómetros
quadrados e uma população
estimada em mais de 12 mil habitantes, distribuídos pela sede municipal e pelas comunas de Caculo-Cabaça, Aldeia-Nova e Cariamba.
As chuvas constantes que se abateram no ano passado sobre a região e as deficientes condições
da via são os principais constrangimentos que dificultaram,
anteriormente, o transporte
dos equipamentos para o município e a retardar a conclusão
das obras.