O secretário de Estado do Urbanismo, Nhanga de Assunção, mostrou-se satisfeito com a evolução da construção da centralidades do Cuito e
Andulo, na província do Bié.
Falando à imprensa no final de uma visita de constatação às referidas centralidade, realizada recentemente, Nhanga de Assunção disse que a centralidade do Cuito conta com 2.700 habitações concluídas, cujos equipamentos sociais estão em fase final.
Segundo ele, a criação das infra-estruturas externas como subestação de energia, estação de tratamento das águas residuais e sistema de bombagem de água potável está igualmente terminada.
“Estão em curso os últimos arranjos para que a centralidade, a curto prazo, possa ter energia, água e os sistemas e tratamentos de águas residuais em condições, para que se possa fazer a comercialização das moradias”, acrescentou.
Relativamente à centralidade do Andulo, o secretario de Estado disse haver 172 habitações prontas, aguardando-se pelo fornecimento de energia e água.
De acordo com o secretário de Estado, a visita serviu para avaliar o andamento de vários planos urbanísticos, com vista alavancar a auto-construção dirigida  na província do Bié.
Aclarou que por ser um subprograma do Programa Nacional do Urbanismo e Habitação, a auto-construção dirigida vai permitir com que mais cidadãos possam ter acesso a uma habitação condigna.