Mais de três mil milhões de kwanzas, é o valor que corresponde a 6 por cento do valor global do orçamento aprovado ao nível da província do Bié para o combate à pobreza, informou o director em exercício do Gabinete de Estatística e Planeamento (GEP),Amílcar da Silva.
O responsável disse, durante o encontro de trabalho com o grupo técnico interministerial de apoio e acompanhamento do programa integrado de desenvolvimento local, que o município de Catabola possui maior valor.
Amílcar da Silva sublinhou que o município de Catabola beneficiou o valor de 373 milhões 872.483, enquanto o do Cuito tem o menor valor com 296 milhões 888. 302 correspondente a 10 por cento para o combate à pobreza.
Para o ano em curso, o programa integrado de combate a pobreza contempla nove eixos, dos quais, o cuidado primário de saúde é que contempla maior valor com 16 por cento do orçamento, alertou.
Mais de 240 milhões de kwanzas é o valor pago no eixo dos cuidados primários de saúde com maior execução, segundo Amílcar da Silva.

Negociações
Sindicato dos agro-pecuários suspende greve definitivamente

O sindicato dos trabalhadores agro-pecuários, pescas e derivados da província do Huambo suspendeu ontem, quinta-feira, definitivamente a greve decretada em Julho deste ano, por alegada falta de condições laborais, entre laboratórios e infra-estruturas adequadas, após uma reunião de concertação com as autoridades afins.
Trata-se de uma greve intercalar, que acabaria por ser suspensa provisoriamente e cuja primeira fase estava marcada para o período de 22 a 26 de Julho, enquanto a segunda etapa iria decorrer de 26 a 30 de Agosto, com objectivo de comprometer a abertura do ano agrícola, mas que, devido ao processo negocial em cursos foi protelada.
No entanto, em função do curso das negociações, estes trabalhadores previam a marcação de novas datas para a paralisação dos trabalhos, uma situação agora ultrapassada, segundo a secretária-geral desta organização sindical no planalto central, Luzia Joaquina Baptista.
Durante a assembleia-geral de trabalhadores, a sindicalista informou que a suspensão da grave, de forma definitiva, deve-se aos avanços nas negociações com o Governo local e o Ministério da Agricultura, para o cumprimento das exigências constantes no caderno reivindicativo, com realce para a transição automática, actualização de categorias, atribuição de subsídios de atavio, de risco, de exposição directa e indirecta aos agentes físicos, químicos e biológicos.
Luzia Joaquina Baptista referiu que o melhoramento das condições de trabalho afigura-se indispensável, para estimular a produção agro-pecuária, no sentido de fazer face aos desafios da diversificação económica.
Informou que o processo de negociações com as autoridades da província do Huambo e o Ministério da Agricultura termina em 2020.
A organização sindical controla, nesta região, um total de 312 filiados colocados no Gabinete da Agricultura, nos institutos de Investigação Veterinária e Agronómica, de Desenvolvimento Florestal, Nacional do Café e de Cereais, nas estações Experimentais da Chianga e do Sacaála, bem como no serviços nacionais de Sementes e de Veterinária.