A estação do Caminho-de-ferro de Benguela (CFB), na comuna do Cunje, que dista sete quilómetros da cidade do Cuito (Bié) tem registado enchentes de comerciantes, que com os seus produtos diversos têm vários itinerários.
Segundo apurou o JE, na rota de comboios às segundas, terças e quintas-feiras, em direcção ao Moxico, os vagões vão sempre carregados de passageiros e mercadorias.
Vários produtos agrícolas são exportados para as localidades do Leste de Angola, como afirmam os comerciantes.
O transporte ferroviário tem ajudado, nos últimos anos, os camponeses a transportarem e a escoarem os produtos cultivados no interior dos municípios, principalmente os que se encontram ao longo da linha-férrea.

Preços atractivos
Os preços variam de acordo com as rotas e a proximidade do local de destino dos passageiros.
Os municípios do Chinguar, Cunhinga, Cuemba, Cuito e Camacupa são as localidades que se encontram ao longo da linha-férrea, meio que tem facilitado o escoamento dos produtos dos camponeses locais.
Madalena Salomé, de 52 anos de idade, é exemplo disso. Residente na cidade do Cuito, é professora reformada e produtora de vários alimentos há dois anos.
A então professora do primeiro ciclo do ensino primário disse que tem a lavra onde cultiva produtos que são vendidos aos comerciantes que depois levam “ para várias localidades.
Afonso Chipate (38) reside no município de Catabola, onde é comerciante. Os produtos do campo que adquire leva ao Moxico. O “exportador” revelou que também tem Benguela como um dos seus mercados. Daquela província do litoral leva mercadoria (negócio) para vender no seu município.
Em relação aos bilhetes de 3ª classe, por exemplo, para a rota Cuito/Moxico estão no valor de 2.450 kwanzas. Para a 1ª e 2ªclasses, o bilhete de passageiro para o Moxico, varia entre 7.350 kuanzas e 4.900, respectivamente.
Partindo do Cuito para as localidades do Kunhinga, Capeio, Sapinde, Cutato, Chinguar e Catchiungo, na vizinha província do Huambo, os bilhetes de 3ª classe variam entre 50 e 500 kwanzas.
Os bilhetes de 1ª, 2ª e 3ª classes do Bié para o Huambo, estão a um valor entre 1.000 e 1.500 kwanzas, respectivamente.
O preço da mercadoria varia também de acordo com o peso, que vai desde 150 até 13 mil.