Os participantes do fórum empresarial do município do Cuvelai, na província do Cunene, recomendaram a criatividade por parte da classe, de modo a poder aproveitar os recursos existentes, com vista a melhorar as condições de vida das populações.
No evento que decorreu sob o lema “Com os investidores agro-pecuários Cuvelai aposta na diversificação da economia”, foi recomendado o apoio às associações locais com meios financeiros para alavancar a economia, bem como benefícios fiscais para que as empresas e os fazendeiros
possam empregar o maior número possível de jovens.

Crescimento
Ao intervir no certamente, o director municipal do Cuvelai da Agricultura, Abrão Tchipa Tchihongo, considerou o evento como sendo uma oportunidade ímpar para todos os operadores económicos locais, obterem meios de financiamento para os investimentos, no âmbito da diversificação da economia.
Sublinhou que o fórum serviu para a partilha de conheci-mentos entre os investidores que operam na área da agro-pecuária a nível do município.
Serviu igualmente para mostrar as potencialidades existentes, com o propósito de contribuir para o desenvolvimento do município.
Desafiou os empresários a investirem cada vez mais na agro-pecuária dadas as potencialidades de que o município dispõe desde recursos hídricos
terras aráveis e animais de várias espécies.
Foi passada em revista a adopção de melhores estratégias que irão permitir o fortalecimento das cooperativas e as comunidades camponesas locais, assim como sensibilizar os potenciais investidores para apostarem no município.

Incentiva a produção
Convidada a encerrar o acto, a administradora municipal do Cuvelai, Margarida Ulisavo, disse que a realização do fórum, perspectiva um conjunto de acções viradas para o incentivo da actividade e uma agricultura que poderá contribuir para o desenvolvimento sustentável da região.
“Manifesto a minha gratidão aos empreendedores, pela forma clara como puderam colocar as suas preocupações, sobretudo aquelas que as autoridades administrativas locais gostariam de ouvir e ver afloradas durante o encontro”, sublinhou.
Reconheceu que os objectivos do evento foram alcançados , a julgar pela forma simples como os participantes discutiram os assuntos agendados com destaque para a realização da feira municipal agro-pecuária, que teve como foco mostrar as potencialidades económicas que a região possui.
O evento juntou empresários ligados aos ramos da agricultura, pecuária e comércio da província do Cunene, tendo sido reflectidos os progressos alcançados nos últimos anos.
O fórum contou com a participação de 60 empresários bem como a presença de responsáveis dos sectores do Ordenamento do Território, Ambiente e membros da União Nacional dos Camponeses Angolanos (UNACA).