A facilidade na aquisição e distribuição dos insumos agrícolas à população de todo o território nacional, contribuiu para o sucesso da campanha 2017/2018, segundo fez saber à imprensa, no Luena, o director Nacional da Agricultura, José Carlos Bettencourt.
“Os resultados em algumas zonas vão ser bastante favoráveis, em outros nem tanto, por motivos vários, com destaque para as precipitações, houve alguma estiagem. Mas, no geral, a campanha agrícola 2017/2018 foi bastante favorável”, informou.
Para a presente campanha, o desafio será diminuir a importação dos produtos da cesta básica.
“O Ministério da Agricultura definiu como prioridade o cultivo do milho, arroz, feijão e a soja, produtos para se reduzir a sua importação”, assegurou.