Angola terá 800 megawatts (MW) de geração em energias renováveis até 2025, com maior predominância nas zonas rurais, afirmou na passada quarta-feira, em Luanda, a directora nacional de Energias Renováveis do Ministério da Energia e Águas, Sandra Cristóvão.
A responsável prestou esta informação quando dissertava o tema “Os desafios tecnológicos e expansão de fontes de energias renováveis em Angola”, no âmbito do debate “Café com Ciência e Tecnologia”, realizado pelo Centro Tecnológico Nacional (CTN), afecto ao Ministério do Ensino Superior, Ciências, Tecnologia e Inovação (MESCTI).
Realçou que no país só 40 por cento da população têm acesso a energia eléctrica, daí que consta do plano do Executivo até 2025 elevar para 60 por cento o número da população com acesso a energia.
Fez saber que actualmente o sector produz 60 por cento de energia eléctrica de fontes hídricas e 40 de origem térmica.