A estação experimental agrícola da Chianga, na cidade do Huambo, está a investigar sementes diversas para responder as necessidades dos pequenos agricultores locais, no âmbito da melhoria da sua produtividade.
Em declarações à Angop, o responsável da estação, Alberto Feliciano Pedro, disse que as sementes em estudo são de batata-doce, milho, mandioca, trigo e arroz, que posteriormente serão
distribuídas aos agricultores.
No caso do milho, explicou, a investigação visa encontrar espécies tolerantes à acidez dos solos desta região, que proporcionam produtividade baixa ao cultivo de espécies menos tolerantes.
Quanto à batata-doce, Alberto Pedro, referiu que a estação agrícola do Ministério da Agricultura pretende encontrar variedades ricas em vitamina A, C, B1, zinco e ferro, para proporcionar alimentação nutritiva.

Impacto da seca

A investigação inclui, ainda, o impacto da seca sobre estas espécies agrícolas, uma vez que a irregularidade das chuvas tem provocado prejuízos aos agricultores, colocando em risco a segurança alimentar.
“Pretendemos, no final dos ensaios, dar aos agricultores sementes que se adaptem às condições climáticas e características dos solos desta região e que permitem colher grandes quantidades em poucas superfícies cultivadas”, afirmou.
A estação experimental agrícola está vocacionada a investigação e tratamento de sementes, mudas certificadas de fruteiras e florestas. Possui dois laboratórios de análise de solos e análises física e química dos solos e plantas.
Por constituir um dos principais suportes de investigação e experimentação agrícola no país, possui uma área aproximada de dois mil 550 hectares de terra, onde são realizados os testes.

Aumentar empregos

Por outro lado, os empresários do município da Caála, província do Huambo, foram chamados, a aumentar o volume da actividade comercial e expandir os serviços para contribuir na redução da taxa de desemprego nesta região.
O apelo foi feito pelo director da repartição dos assuntos económicos do município da Caála, Isidro Kapitia, durante um trabalho de inspecção e fiscalização nos estabelecimentos comerciais e unidades industriais das comunas da Calenga e Cuima.