A Escola de Hotelaria e Restauração (EHR) lançou no mercado de trabalho, mais de 3.500 formados, desde a sua fundação, em 2009. Em entrevista à Angop, o coordenador administrativo da instituição, Domingos Caboco, a escola tem crescido, na medida em que aumenta o número de alunos e a variedade de cursos ministrados na escola, visto que no princípio começou com dez cursos e hoje ministra mais de vinte, desde básicos, médios e livres.

Segundo o responsável, nesta altura estão a frequentar, em todos os cursos, cerca de 132 alunos, dos quais 45 do nível médio e 87  do básico. Mas até ao terceiro trimestre do corrente ano a escola já formou mais de 400 técnicos, superando a média anual de 250 nos últimos anos.

“Cerca de 80 por cento dos alunos conseguem inserir-se no mercado de trabalho, visto que durante o estágio curricular nas mais diversas unidades, apresentam alto nível de qualidade de formação, daí a aderência por parte dos candidatos que procuram emprego no nosso estabelecimento”, acrescentou.

Procura
O responsável  frisou que os jovens são os que mais procuram a EHR, com vista a prepararem-se para a procura do primeiro emprego nos mais diversos cursos, quer seja técnicos, básicos e livres, como pastelaria, recepção, empregados de mesa, chefes de sala, lavandaria e bar-man.

A Escola de Hotelaria e Restauração (EHR), de modo a facilitar os formandos e a entrada para o mercado de trabalho, firmou vários acordos de parceria com algumas unidades hoteleiras e restaurantes, onde os formandos realizam o estágio. A EHR conta apenas com professores nacionais saídos dos alunos formados da escola.

Para aqueles alunos que não conseguem emprego durante o período de estágio, a EHR, por intermédio do programa empreendedorismo do Maptss, orienta-os a procurarem financiamento para começarem o seu próprio negócio.

Missão
A Escola de Hotelaria e Restauração é uma instituição pública tutelada pelo Maptss, vocacionada à formação profissional de técnicos no ramo de hotelaria. Com mais de 20 formadores nacionais, salas de aula teóricas e laboratórios, a EHR do Talatona surge com o objectivo de formar técnicos especializados de hotelaria, restauração e turismo com sólida consciência cívica, numa altura em que essas áreas seguem o crescimento de Angola.

A escola abriu espaço para novos cursos livres de governanta doméstica, atendimento ao cliente, higiene e segurança alimentar, organização e gestão de eventos e decoração, cozinha gourmet( ceia de Natal), aliado aos já existentes.