O aumento da produção interna, foi apontado pela decana da Faculdade de Economia da Universidade José Eduardo dos Santos no Huambo, Sílvia do Amaral, como pressuposto fundamental para a redução das importações de produtos agro-alimentares que podem ser produzidos localmente. A docente que falava no Conselho Provincial de Auscultação da Comunidade, considerou o Programa de Apoio à Produção, Diversificação das Exportações e Substituição das Importações - Prodesi, é um instrumento fundamental para, de forma gradual, de alcançar este objectivo. O Prodesi, argumentou, não visa, objectivamente, produzir resultados imediatos, uma vez que para a sua implementação é necessário que se criem as condições estruturais à economia nacional, para que os resultados sejam alcançados no abrigo deste projecto, acrescentando que vai ajudar a elevar o nível das condições das pessoas, realçando que a província do Huambo tem forte potencial na produção do milho, batata-rena, doce, soja, mel, feijão, tomate, entre outros. Sílvia do Amaral diz que, se os agricultores forem bem incentivados, com o acesso ao crédito, a produção pode aumentar.