O governador provincial da Lunda-Sul, Daniel Neto, defendeu ontem, o reforço da cooperação com a Sociedade Mineira de Catoca SMC, no domínio da responsabilidade social com vista à melhoria de vida das comunidades em Saurimo. Durante um encontro com membros do conselho da gerência da maior operadora do país na área de diamantes, o governante propôs a “criação de projectos estruturantes que incentivem a implantação de pólos universitários na província, para contrapor partilha de salas, forçada pela sobrelotação e construção de novas com fito de inserir cerca de 21 mil alunos fora do sistema normal de ensino. O governante augura a parceria de Catoca nas acções que visam a requalificação de ruas, o aumento da oferta em energia eléctrica, água e fomento da agricultura mecanizada para acelerar o programa de combate a fome e pobreza”. Entende que Catoca pode também alocar verbas para a construção de um hospital de referência, com todos os serviços destinado a servir os trabalhadores e seus dependentes. Quer impulso para dar início à II fase do projecto hidroeléctrico do Chicapa para poupar custos em combustíveis e dar suporte ao novo hospital geral e à maternidade que entram em funcionamento a partir de Fevereiro de 2020.