Cerca de 108.750 famílias camponesas dos municípios do Cubal, Ganda, Caimbambo e Chongoroi, na província de Benguela, começaram a beneficiar desde o princípio deste mês de assistência técnica e de 300 toneladas de sementes de cereais para
cultivo e multiplicação.
Essa informação foi avançada na passada segunda-feira, à Angop, em Benguela, pelo supervisor local do Programa de Extensão e Desenvolvimento Rural do (IDA), Santos Francisco Manuel, tendo explicado que a campanha de apoio aos camponeses termina em Dezembro deste ano e consiste também na preparação mecanizada de mil e 22 hectares de terra arável.
O IDA disponibilizou igualmente 3.500 toneladas de fertilizante composto e 600 toneladas de fertilizante simples, para diversificação e desenvolvimento das culturas de milho e de
massambala, típicas da região.
Na campanha agrícola 2017/ 2018, o IDA garantiu assistência técnica e disponibilizou sementes melhoradas de milho e de massambala a 89.945 famílias camponesas filiadas em 163 cooperativas agrícolas e 373 associações desta classe, na província de Benguela.
Na presente campanha (2018/2019) perspectiva-se colher aproximadamente 200 mil toneladas de produtos diversos, dos quais 39 mil e 146 toneladas de milho.
A capacitação técnica das famílias insere-se no Programa de Extensão e Desenvolvimento Rural (PEDR) e visa a mudança da técnica tradicional pelas boas práticas agrícolas, consubstanciada em normas e recomendações aplicadas na produção, visando melhorar também as condições sociais dos camponeses.