Lobito - O governo de Benguela vai gastar, este ano, mais de doze milhões de dólares americanos para reabilitação da rede-viária da cidade do Lobito, na província de Benguela, a informação foi avançada segunda-feira, pelo administrador municipal, Amáro Segunda Ricardo.

De acordo com o mesmo responsável que falava no acto de abertura do ano lectivo/2009, ao nível do município do Lobito, com a reabilitação total das principais "artérias rodoviárias", será fácil pôr em circular autocarros públicos em todas extensão da cidade.

Para ele, a circulação de autocarros públicos em todos bairros dará maior alento em termos de custos, por parte de estudantes e trabalhadores da municipalidade.

A expansão para os principais bairros da cidade do sistema de recolha de lixo, consta igualmente, da lista de prioridade que, o governo, através da administração municipal, deverá desenvolver ao longo do ano.

Para esta tarefa de tratamento de lixo, o administrador pede maior colaboração dos munícipes, no sentido de cumprirem com as normas estabelecidas pela empresa que desenvolve trabalho de recolha.

O novo sistema de recolha de lixo tem sido louvado, por ter permitido o fim do acumular de grandes quantidades de lixo, antes verificado em diversas partes do Lobito.

Na cidade do Lobito, de acordo com o administrador local, são recolhidas diariamente, perto de quinhentas toneladas de lixo.

O Lobito com um número considerável de indústrias, estabelecimentos comerciais e mercados informais, tem uma população estimada em 900 mil habitantes, numa estrutura concebida para apenas 150 mil "almas".