O Plano Integrado de Intervenção nos Municípios (PIIM), vai contribuir para o alargamento do leque de oportunidades de inclusão produtiva das comunidades, considerou quarta-feira última, o secretário de Estado para Acção Social, Lúcio Amaral.

O governante, fez este pronunciamento durante o XX encontro Nacional das Comunidades, promovido pela Acção para o Desenvolvimento Rural e Ambiente (ADRA), que encerrou na passada quarta-feira, no município turístico de Cacuso, 72 quilómetros a Oeste da cidade de Malanje, tendo realçado que o Executivo procedeu, recentemente, a abertura da campanha agrícola 2019/2020, na província de Malanje, na comuna de Camburi.
Para ele, a implementação do Programa Integrado de Intervenção nos Municípios vai contribuir para o alargamento do leque de oportunidades de inclusão produtiva das comunidades.
Acrescentou que o encontro Nacional das Comunidades que vem sendo realizado desde o ano 2000, constitui uma plataforma de análises para a busca de reflexões e sugestões para melhores práticas para a solução dos problemas das comunidades, tendo em vista a melhoria do nível e qualidade de vida da populações.
Lúcio Amaral disse ainda que, o objectivo principal do encontro Nacional das Comunidades é a partilha de experiências das boas práticas de desenvolvimento local sustentável, nos domínios do fomento da economia local dos efeitos da seca.
Serve ainda para os distintos serviços sociais básicos, que carecem ainda de uma abordagem alargada que visa proporcionar e reflectir em torno das respostas para mitigar a situação da estiagem que ocorre de forma cíclica, e com maior frequência no Sul do país.
O governante lembrou que actualmente tem sido prestada uma atenção especial ao sector da agricultura familiar perspectivando maiores incentivos e os apoios que vão contribuir para a dinamização da agricultura através de cooperativas potenciando igualmente os grupos solidários com conhecimentos e técnicas que lhes permitam aumentar a produção.
O secretário de Estado para a Acção Social, Lúcio Amaral, acentuou que o segmento da agricultura familiar continua a ser responsável por cerca de 80 por cento da produção agrícola do país, tendo destacada por isso, o papel e contribuição da Adra nesse processo ao longo dos anos.

Políticas Públicas
Na ocasião, o vice-governador de Malanje para o Sector Político Social e Económico, Domingos Eduardo, considerou o evento como sendo um espaço que privilegia o debate sobre a implementação das políticas públicas e a troca de experiências.
Revelou ainda que, o governo provincial de Malanje reconhece a importância do trabalho da Adra, sobretudo no que respeita a implementação de projectos no meio rural cujo o foco é o reforçar as capacidades das organizações comunitárias de base e o exercício da cidadania e a partilha de boas práticas de desenvolvimento local e sustentável.
Por sua vez, o director-geral da Adra, António Canbuta, disse que os encontros nacionais têm evoluído bastante principalmente junto dos membros das comunidades, em particular os agricultores.
Participam do XX encontro Nacional das Comunidades técnicos das províncias de Luanda, Cuanza Norte, Huíla, Benguela, Uige, Zaire, Huambo Moxico, Lunda Sul Bengo e Cunene, durante o qual foram abordados aspectos que tem a ver com as Caixas Comunitárias de Crédito, a assistência às Parteiras tradicionais, bem como o acesso à educação primária nas zonas rurais.