O grupo empresarial “TSG Global Holdings” prevê implementar, no município do Quela, na província de Malanje, um projecto ligado a indústria têxtil, avaliadoem 150 milhões de dólares. De acordo com o presidente de Conselho de Administração da empresa, Rubar Sandi, a iniciativa está enquadrada no projecto de relançamento da produção de algodão no município do Quela, podendo
gerar cerca de 50 mil empregos. Adiantou que o primeiro passo a ser dado tem a ver com a produção, transformação de
algodão, bem como na fiação e tecidos. O empresário disse que a previsão de investimentos de 150 milhões de dólares prende-se com a componente industrial, tendo acrescentado que se for tido em conta a componente agrícola, o valor pode duplicar. O PCA do grupo empresarial “Tsg Global Holdings”, precisou que o prazo de execução do projecto depende da interacção que vai ser estabelecida com os diferentes departamentos ministeriais. “Vamos fazer tudo para que o mais rápido possível, ou seja, num período de um ano possamos ter a fábrica em funcionamento”, garantiu Rubar Sandi. O empresário realçou que a pretensão do grupo “TSG” é de fomentar o sector da Agricultura para fomentaro emprego na região. VV e FC