Pelo menos 75 mil famílias dos municípios de Talatona, distrito Urbanos do Futungo e Samba, assim como dos bairros da Corimba Huambo e Rocha Pinto beneficiaram de energia électrica com a entrada em funcionamento das subestações do Morro Bento e Morro da Luz, em Luanda.
O projecto é da responsabilidade do Ministério da Energia e Águas através da Empresa Nacional de Distribuição de Electricidade (ENDE-EP) que visa o reforço e qualidade no seu fornecimento.
Segundo o director regional de exploração de redes nacional de transporte de electricidade (RNT), Alfredo Mbondo prevê-se uma uma redução nos custos de energias para os clientes que eram abastecidos pelos PTs privados, assim como as restrições que eram registadas com frequências, como principais benefícios do programa .

Abastecimento regular
Em declarações à imprensa no final da vsita efectuada àquelas infra-estruturas referiu que com a entrada em funcionamento da subestação, os clientes terão um abastecimento regular e de qualidade
Para o chefe de departamento de gestão de projectos da rede nacional de transporte de electricidade (RNT), Tarcísio Cardoso, o projecto inscrito no Programa de Investimentos Públicos do Executivo compreende a construção de uma linha de 200 mil KV que vai desde a subestação da Camama até ao Futungo com uma linha de duplo circuitos numa extensão de 19 quilómetros.
De acordo com o responsável, a obra que tinha uma duração prevista de dois anos , só foi concluída em finais de Dezembro de 2017.