O governador da província do Namibe, Rui Falcão, disse que o sector das pescas, nesta região, vai merecer maior atenção por parte do governo local e central, por forma a perspectivar novos investimentos em terra para apoio às operações no mar.

Rui Falcão falava durante uma visita efectuada as unidades salineiras instaladas no município do Tômbwa, 93 quilómetros a sul da província do Namibe.

Salientou que o governo local vai continuar a discutir, com as entidades relevantes, as necessidades de se encontrar soluções que viabilizam o sector empresarial do Namibe, fundamentalmente o sector das Pescas neste município que tem paralisado mais de 70 por cento das suas unidades de produção pesqueira.

Acrescentou que no Plano de Desenvolvimento Economico e Social da província do Namibe para o quinquénio 2013/2017 constam projectos de apoio a pesca e as unidades salineiras também estarão contempladas neste programa.

“Vamos dentro deste semestre apoiar o sector salineiro na província, além do Plano de desenvolvimento haverá outros, por forma que os nossos salineiros possam então sair da letargia em que se encontram e assim aumentarem os níveis de produção e o escoamento do sal para as demais regiões do país", frisou.

Constam dos apoios garantidos pelo governante o projecto de ampliação de mais canteiros de extracção do sal, construção de uma captação para bombear as águas do mar para os referidos canteiros, bem como pequenas pontes.

No município do Tômbwa estão instaladas quatro unidades salineiras que clamam por apoio financeiro e material para no futuro aumentar os índices de produção.

O sector das pescas, sobre o qual assenta a economia do Namibe, conta com mais de sessenta empresas de pesca semi-industriais e artesanal, situadas no município piscatório do Tômbwa, comuna da Lucira, Bentiaba e Namibe.

Destas empresas, cerca de vinte estão paralisadas por falta de financiamento, o que preocupa o governo e a classe empresarial ligada ao ramo pesqueiro e ainda muitas famílias onde um número considerado de mais de dez perdeu o seu emprego.