O novo sistema de abastecimento de água potável à cidade de Mbanza Kongo, província do Zaire, entra em pleno funcionamento no próximo mês.
Uma nota da Empresa Provincial de Águas e Saneamento do Zaire indica que, com vista a abranger todos os clientes da rede pública decorre desde o dia 12 até 27 de Outubro uma promoção de preços da celebração de contratos de consumo de água.
A capacidade de armazenamento do novo sistema de água passa de 450 para três mil litros de água, repartidos em um reservatório de mil litros e outro de dois mil.
Com a entrada em funcionamento da nova Estação de captação e Distribuição de Água (ETA), a capacidade de abastecimento de água potável aos habitantes da cidade de Mbanza Kongo e bairros periféricos aumenta de 110 para 1.050 metros cúbicos por hora.
Em termos globais, o novo sistema de água possui uma capacidade de tratamento de 1.000 metros cúbicos, incluindo tanques floculação, sedimentação e filtração, além de repartição de dosagem e reservatório de água tratada.

Mais-valia
A rede de distribuição de água da cidade de Mbanza Kongo é composta por um ramal de 95.5 quilómetros de extensão, além das condutas adutoras que asseguram o transporte de água até a ETA, sendo uma com 1,9 quilómetros e outra com dez quilómetros.
Até ao momento, foram já montadas cinco mil torneiras e respectivos contadores em vários bairros da cidade património da humanidade. O projecto prevê efectuar 15 mil ligações domiciliárias no casco urbano e suburbano.
A Empresa Provincial de Água e Saneamento do Zaire, alerta que apenas serão abastecidos de água potável os que exibirem os respectivos contratos.