A reabilitação da estrada que liga a sede municipal do Luau a Cazombo (Alto Zambeze), iniciaram na passada segunda-feira, em acto de consignação orientado pelo secretário de Estado da Construção, Manuel José da Costa Molares D’Abril. A cargo da empresa de construção civil chinesa “Sinohydro corporation”, os trabalhos consistirão em terraplanagem de 170 quilómetros, dos 255 que compreendem o troço.
Orçado em mais de oitocentos milhões de Kwanzas, a obra tem a duração de seis meses e ofereceu 70 empregos directos a jovens das duas circunscrições (Luau e Cazombo).
No acto de consignação do empreendimento, Manuel da Costa Molares D’Abril, explicou que a intervenção enquadra-se num dos programas do Orçamento do Estado e será efectuada com materiais propícios à resistência das águas pluviais e da circulação de viaturas de grande porte.
Ao considerar de extrema importância a via para os dois municípios, augurou que a recuperação permita a circulação normal de pessoas e bens.
“Estamos a criar as condições para a realização de um trabalho definitivo em breve”, disse o secretário de Estado, esclarecendo que a terraplanagem serve para acudir a população nesta fase de emergência.
O governador do Moxico, Gonçalves Muandumba, espera que a reparação da estrada venha catapultar o desenvolvimento nesta região, sobretudo, no sector social e económico.
Por sua vez, a rainha Nhancatolo Tchissengo enalteceu a preocupação do Executivo na recuperação da via, tendo desejado que após do trabalho paliativo seja asfaltada por completo.