O responsável provincial do IDA, Profílio Samaneulo, a população camponesa da província empenhou-se fortemente naprodução de cereais, como o massango e a massambala, tirando maior proveito da regularidade das chuvas que se fizeram sentir este ano na região.
Informou que a presente campanha teve a participação de cerca de 167.200 famílias camponesas, sete mil das quais foram assistidas com meio agrícolas pelo programa de extensão e desenvolvimento rural nos municípios de Ombadja, Cuvelai e Cuanhama, enquanto as restantes famílias receberam assistência do programa de fomento rural. “Duma forma geral podemos dizer que a campanha é bastante positiva, comparando com a anterior”, destacou.
Por outro lado, o responsável do Ida na província sustentou que “o quadro pluviométrico foi muito favorável, pois tivemos 815 milímetros ao ano, o que indica que as quedas foram regulares na província”.
Assinalou que no que toca aos insumos agrícolas, a província, através do Ministério da Agricultura, criou condições para que esta campanha realiza-se da melhor maneira, onde foram distribuídos 53 toneladas de massambala, 34 de milho, 27 de massango e três de feijão manteiga. Profílio Samaneulo afirmou que foram ainda distribuídas a volta de 350 charruas de tracção animal.